//periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/issue/feed Folha de Rosto 2020-01-11T14:21:55+00:00 Maria Cleide Rodrigues Bernardino cleide.rodrigues@ufca.edu.br Open Journal Systems <p>A ‘Folha de Rosto: revista de biblioteconomia e ciência da informação’ é um periódico científico publicado pelo Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia (PPGB), através do Mestrado Profissional em Biblioteconomia, da Universidade Federal do Cariri (UFCA).</p> <p><strong>Periodicidade:</strong> Quadrimestral</p> //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/430 Expediente 2020-01-09T19:49:48+00:00 Izabel Lima dos Santos zbel.lima@gmail.com Cleide Bernardino cleide.rodrigues@ufca.edu.br 2020-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/432 O valor e a credibilidade da Ciência 2020-01-11T14:17:22+00:00 Maria Cleide Rodrigues Bernardino cleide.rodrigues@ufca.edu.br Izabel Lima dos Santos zbel.lima@gmail.com 2020-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/387 Avaliação do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Ceará na percepção dos egressos 2020-01-11T14:21:55+00:00 Hamilton Rodrigues Tabosa hrtabosa@gmail.com Williams Yuri Sales Félix williams_yuri@hotmail.com <p class="western" style="margin-bottom: 0cm; line-height: 100%;" align="justify"><span style="font-family: Arial, serif;"><span style="font-size: medium;">O objetivo da pesquisa, cujos resultados apresentamos neste artigo, foi identificar aspectos passíveis de melhoria no currículo do Curso de Bacharelado em Biblioteconomia da UFC, com base na análise das necessidades e demandas da sociedade atual, refletidas nas exigências das instituições empregadoras aos bibliotecários graduados de 2007 a 2017. Partimos de uma revisão de literatura seguida de estudo empírico por meio de um questionário eletrônico com perguntas abertas e fechadas. Os dados quantitativos foram planilhados e originaram gráficos e, como técnica para a análise dos dados qualitativos, elegemos o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Como principais resultados, percebemos a necessidade de oferecer disciplinas mais voltadas para a resolução de problemas e casos reais, realizar ajustes no plano pedagógico/matriz curricular, traduzidos principalmente na ênfase e atualização de disciplinas evidenciadas como fundamentais ao fazer do bibliotecário, ou seja, aquelas que mais fortemente embasam sua atuação. Identificamos também disciplinas que os egressos consideram mais distantes da </span></span><span style="color: #00000a;"><span style="font-family: Arial, serif;"><span style="font-size: medium;">realidade do exercício da profissão e que poderiam ser suprimidas do currículo para dar lugar a outros conteúdos. Além disso, percebemos que o mercado de trabalho exige do profissional competências e habilidades específicas e, para suprir essas exigências, faz-se necessário </span></span></span><span style="font-family: Arial, serif;"><span style="font-size: medium;">buscar cursos e especializações, além da graduação.</span></span></p> 2020-01-05T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/373 Fontes de informação em patentes 2020-01-11T13:22:51+00:00 Ana Maria Mielniczuk de Moura ana.mmoura@uol.com.br Fernanda Bochi dos Santos nanda.bochi@gmail.com Ana Paula Medeiros Magnus magnus@gmail.com Letícia Angheben El Ammar Consoni le.angheben@gmail.com Rene Faustino Gabriel Junior renefgj@gmail.com <p>A pesquisa explora as diferentes bases de dados depositantes de patentes — importantes fontes de informação para a realização de estudos patentométricos — e propõe-se a investigar as características inerentes ao processo de coleta e recuperação de patentes depositadas nas bases de dados Derwent Innovations Index, Orbit, INPI, Google Patents e PatentScope. Compreende a necessidade de discriminar as diferenças nessas bases de dados a partir de um único objeto de estudo, reunido na produção intelectual da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). De caráter qualitativo-descritivo, o estudo tem por objetivo explorar as bases de dados mencionadas. A busca e a recuperação dos dados das patentes depositadas pela UFRGS e indexadas nas bases ocorreu pela utilização variada do nome da universidade, visando a abranger o maior número de registros possível. Observou-se que as bases de dados analisadas apresentaram características distintas umas das outras. A DII e a Orbit exibiram o maior número de registros recuperados, porém a DII recuperou registros indexados de forma incorreta. O INPI foi a base com o número de registros mais fidedigno à Universidade, da mesma forma que a PatentScope. O Google Patents ficou muito aquém das expectativas, não servindo como uma boa fonte de dados para o tipo de pesquisa realizado, pois não indexa o escritório brasileiro. Conclui-se que é necessário examinar atentamente a fonte de informação antes de realizar um estudo de cunho patentométrico, pois existem divergências e características singulares entre as bases de dados.</p> 2020-01-05T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/370 Usuários no contexto digital 2020-01-11T13:43:05+00:00 Adriana Nobrega da Silva adriufc.nobrega@gmail.com Jefferson Veras Nunes jefferson.veras@yahoo.com.br Leilianny Alencar Secundino leiliannyalencar@hotmail.com Maria de Fátima Oliveira Costa fatima12oliveiracosta@gmail.com Yane Nóbrega de Aguiar yanenobrega@gmail.com <p><span id="docs-internal-guid-c8c41300-7fff-4cb7-8333-deb2bd8f6dac">O presente estudo analisa os usuários de informação em um ambiente digital. O objetivo é identificar as necessidades de um grupo que participa de uma rede social específica. Esta pesquisa pretende estudar as necessidades dos usuários e seu contentamento em uma relação de cooperação de um grupo virtual no Facebook, chamado “Alguém conhece alguém que ...” (alguém conhece alguém que…). Este estudo tem como objetivo geral investigar as necessidades dos membros deste grupo, aqueles que buscam esse tipo de informação nesse ambiente digital, estudando o que sentem quando solicitam ajuda e o que sentem quando alguém do grupo os ajuda. Ele aborda o conceito de Estudo de Usuários, permeia o ambiente digital, a interação e a cooperação entre os membros do grupo e revela a base teórica sobre as redes sociais. A metodologia utilizada foi a análise quantitativa com aplicação de questionário e observação dos membros. Os resultados do significado mostram que os usuários são na maioria jovens, têm comportamento inquieto e cada vez mais ansiosos por informações precisas e rápidas. Esta pesquisa está intimamente relacionada com o ACAQ, uma vez que os membros muitas vezes fazem uso desta ferramenta como a primeira opção para atender suas necessidades. Porque eles sabem que na maioria das vezes há alguém para ajudá-los imediatamente. Conclusão trouxe compreensão sobre as redes sociais, sua importância e benefícios para as pessoas que delas participam.</span></p> 2020-01-06T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/396 Modelos de gestão do conhecimento em bibliotecas acadêmicas do Brasil 2020-01-11T13:36:13+00:00 Carlos Henrique Sousa henriquecear@gmail.com Luís Manuel Borges Gouveia lmbg@ufp.edu.pt <p>A gestão do conhecimento é considerada uma importante área multidisciplinar e complexa, prática gerencial que conquistou um viés universal devido a possibilidade de ser aplicada em qualquer organização, visando almejar inovação em produtos e serviços. Nesse contexto, esta pesquisa teve como objetivo identificar e caracterizar os trabalhos científicos que tratam sobre modelos de gestão do conhecimento propostos para bibliotecas acadêmicas brasileiras. Para tanto, foi realizada uma revisão de literatura nas teses e dissertações dos programas de pós-graduação do Brasil, defendidas no período de 2003 a 2018. Assim, os resultados mostraram que a temática está presente com recorrência na área de Biblioteconomia e Ciência da Informação, bem como que o maior número de modelos de GC foram idealizados para o contexto das bibliotecas universitárias. Quatro modelos foram destacados no levantamento devido suas especificidades de atuação: Castro (2005), Rostirolla (2006), Bem (2015) e Sousa (2017). Tais resultados podem servir de orientação para pesquisadores em futuras pesquisas ou de referência para gestores de bibliotecas e bibliotecários em promoverem a implementação da GC.</p> 2020-01-06T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/422 Filmes LGBT como memória e resistência 2020-01-11T13:47:18+00:00 Gláucio Barreto de Lima glaucioufc@yahoo.com.br 2020-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/423 Aplicação do composto de marketing através das estratégias digitais 2020-01-11T14:10:32+00:00 Andressa Rayane Souza Garcia ndressarayanne-88@hotmail.com 2020-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/426 Gestão da produção científica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí no âmbito dos processos de divulgação 2020-01-11T14:11:19+00:00 Sindya Santos Melo sindya@ifpi.edu.br 2020-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto //periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/424 Perspectivas de atuação em bibliotecas universitárias 2020-01-11T14:12:05+00:00 Rafaelle Gleice dos Santos rafaelleufc@yahoo.com.br 2020-01-09T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2019 Folha de Rosto