ALTERIDADE COMO BASE PARA A PRÁTICA INTERDISCIPLINAR: UMA ANÁLISE DE EXPERIÊNCIAS NA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI

  • Suely Salgueiro Chacon Universidade Federal do Cariri - UFCA
  • Verônica Salgueiro do Nascimento Universidade Federal do Cariri - UFCA
  • Polliana de Luna Nunes Barreto Universidade Federal do Cariri - UFCA
  • Cicero Marcelo Bezerra dos Santos Universidade Federal do Cariri - UFCA

Resumo

A Ciência acadêmica e escolar, muitas vezes, encontra-se compartimentada na forma de disciplinas. Na Universidade essa divisão é bem evidente, com poucas mudanças ao longo
dos  anos.  Entretanto,  na  atualidade,  novos questionamentos  acerca  dessa  organização universitária na forma de disciplinas e saberes disciplinares começam a surgir, tais como: Como construir um conhecimento não-disciplinar? Porém, esse questionamento apesar da importância está longe de se aproximar de suas considerações finais, uma  vez que,
ainda  são  diversas  as  dificuldades  para  o  estabelecimento  de  atividades  e  práticas interdisciplinares  que  unam  os  saberes  produzidos  isoladamente  nas  disciplinas  na
resolução  dos  problemas  da  sociedade.  Continuamos  com  a  antiga  prática  da compartimentação  ou  ênfase  nos  saberes  disciplinares.  O  artigo  em  foco  aborda  as
possibilidades  de  estabelecimento  de  propostas interdisciplinar  no  interior  das universidades,  tendo  como  objetivo  geral  enumerar  e  discorrer  sobre  as  iniciativas
voltadas  para  o  fortalecimento  da  prática  interdisciplinar  na  Universidade  Federal  do Cariri, notadamente nos Campis de Icó e Brejo Santo.
Publicado
2015-10-05
Seção
Artigos