ANÁLISE DE NÍVEIS DE PRESSÃO SONORA EM PRAÇAS DE ALIMENTAÇÃO: ESTUDO DE CASO DOS SHOPPINGS CENTERS DE UBERABA – MG

  • Michele Cristina Rufino Barbosa Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Felipe Batista Tiago
  • Gabriel Silva Saturi

Resumo

A poluição sonora é a terceira maior poluição que afeta a população mundial. Elevados níveis de ruídos causam problemas de saúde e geram diversos efeitos psicológicos e fisiológicos. À medida que as cidades se desenvolvem os níveis de ruídos crescem e a tendência, nos centros urbanos, é a substituição das praças de lazer ao ar livre pelos shoppings centers. Dentro do ambiente de shoppings centers se destaca as praças de alimentação, onde têm sido observados problemas de desconforto acústico. O presente estudo verificou se os níveis de ruídos de duas praças de alimentação de dois shoppings da cidade de Uberaba-MG estão dentro dos padrões estabelecidos por normas e o quanto estes ruídos estão afetando a saúde e o bem-estar das pessoas. Foram realizadas medições de ruídos de fundo e ruídos de fonte + fundo de acordo com os critérios instituídos pela NBR 10.151/2000. Ambos os ruídos estavam acima do limite máximo de conforto acústico estabelecido pela NBR 10152/2017 e também pelo recomendado pela Organização Mundial de Saúde. Dessa forma a saúde das pessoas que frequentam as praças de alimentação estudadas, está sujeita a riscos. Recomenda-se um estudo sobre alterações arquitetônicas das praças e a criação de um programa de conscientização por meio de campanhas educativas.  

Biografia do Autor

Michele Cristina Rufino Barbosa, Universidade Federal do Triângulo Mineiro
Docente do Departamento de Engenharia Ambiental da Universidade Federal do Triângulo Mineiro.
Felipe Batista Tiago
Graduando em Engenharia Civil Universidade Federal do Triangulo Mineiro.
Gabriel Silva Saturi
Graduando em Engenharia Civil Universidade Federal do Triangulo Mineiro.

Referências

ABRASCE, 2019. Associação Brasileira de Shoppings Centers. Disponível em: https://abrasce.com.br/. Acesso em 15 de julho de 2019.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10.151: Acústica – Avaliação do ruído em áreas habitadas visando o conforto da comunidade – Procedimento Rio de Janeiro: ABNT, 2000. 4p.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10.152: Níveis de ruído para conforto acústico Rio de Janeiro: ABNT, 2017. 27p.

BISTAFA, S.R. Acústica Aplicada ao Controle de Ruído. 2.ed. São Paulo. Editora Edgard Blucher, 2011. 384 p.

Castorino, A. B. O mundo que ouve: uma análise da paisagem sonora de shoppings centers. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Goiás. Instituto de Estudos Sócio Ambientais. 2012. 103 p.

Costa Neto, L. G. e Oisticida, M. L. G. 2012. Avaliação do nível de ruído em Praças de Alimentação em Shopping Center. XXIV. Sobrac, pp26-33. Belém- Pa.

FREITAS, R.; AZERÊDO, J.; SOUZA, B. F. Mapeamento acústico como recurso de avaliação da qualidade ambiental Urbana, em Recife/PE. XIII Encontro Nacional e IX Encontro Latino-americano de Conforto no Ambiente Construído, 12, 2015. Campinas – SP. In. Anais ENACA/ELACAC, 2015. P. 83 – 93.

KUSAKAWA, Marisa Shimabukuro. Análise do conforto acústico em Shopping Center: Um estudo de caso. Florianópolis, UFSC, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, 2002. xv, 92 p. Dissertação: Mestrado em Engenharia Civil (Construção Civil)

Ligocki, C. G. Teixeira, A. P. V. Parreira, L. M. M. V. 2008. Efeito da Exposição a Elevados Níveis de Pressão Sonora sobre o Organismo de Trabalhadores de Praça de Alimentação de Shopping Center. FONO -2008. Campos do Jordão – SP.

NR 15 - NORMA REGULAMENTADORA 15. ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES. LIMITES DE TOLERÂNCIA PARA RUÍDO CONTÍNUO OU INTERMITENTE. Disponível em: http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr15_anexoI.htm. Acesso em 13 de junho de 2019.

OMS. Organização Mundial de Saúde. https://www.who.int/eportuguese/countries/bra/pt/. Acesso em 11 de julho de 2019.

.

Saliba, T. M. 2011. Estudo do conforto acústico de praças de alimentação em shoppings centers. Centro Universitário UMA. Belo Horizonte- MG.

SOUZA FILHO, J. J. Avaliação do ruído urbano na cidade de Campo Grande/MS. 2012. 147 p. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em tecnologias Ambientais, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2012.

Publicado
2020-05-12
Como Citar
Barbosa, M. C. R., Tiago, F. B., & Saturi, G. S. (2020). ANÁLISE DE NÍVEIS DE PRESSÃO SONORA EM PRAÇAS DE ALIMENTAÇÃO: ESTUDO DE CASO DOS SHOPPINGS CENTERS DE UBERABA – MG. Ciência E Sustentabilidade, 5(2), 100-123. https://doi.org/10.33809/2447-4606.522019100-123