Usuários no contexto digital

uma análise na rede social Facebook

  • Adriana Nobrega da Silva Universidade Federal do Ceará-UFC
  • Jefferson Veras Nunes
  • Leilianny Alencar Secundino
  • Maria de Fátima Oliveira Costa
  • Yane Nóbrega de Aguiar

Resumo

O presente estudo analisa os usuários de informação em um ambiente digital. O objetivo é identificar as necessidades de um grupo que participa de uma rede social específica. Esta pesquisa pretende estudar as necessidades dos usuários e seu contentamento em uma relação de cooperação de um grupo virtual no Facebook, chamado “Alguém conhece alguém que ...” (alguém conhece alguém que…). Este estudo tem como objetivo geral investigar as necessidades dos membros deste grupo, aqueles que buscam esse tipo de informação nesse ambiente digital, estudando o que sentem quando solicitam ajuda e o que sentem quando alguém do grupo os ajuda. Ele aborda o conceito de Estudo de Usuários, permeia o ambiente digital, a interação e a cooperação entre os membros do grupo e revela a base teórica sobre as redes sociais. A metodologia utilizada foi a análise quantitativa com aplicação de questionário e observação dos membros. Os resultados do significado mostram que os usuários são na maioria jovens, têm comportamento inquieto e cada vez mais ansiosos por informações precisas e rápidas. Esta pesquisa está intimamente relacionada com o ACAQ, uma vez que os membros muitas vezes fazem uso desta ferramenta como a primeira opção para atender suas necessidades. Porque eles sabem que na maioria das vezes há alguém para ajudá-los imediatamente. Conclusão trouxe compreensão sobre as redes sociais, sua importância e benefícios para as pessoas que delas participam.

Biografia do Autor

Adriana Nobrega da Silva, Universidade Federal do Ceará-UFC
Mestra em Ciência da Informação, pela Universidade Federal da Paraiba - UFPB (2013). Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará - UFC (2007). Atualmente é professora do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Biblioteconomia, atuando principalmente nos seguintes temas: Estudo de Usuário, Gestão da Informação e Gestão do Conhecimento, Formação e Desenvolvimento de Acervos.

Referências

BAUMAN, Zygmunt. Comunidade: a busca por segurança no mundo atual. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

CARDOSO, Maria de Lourdes; RAMALHO, Francisca Arruda. Buscas de informação para satisfação de necessidades: um estudo com professores do curso de biblioteconomia - CCSA/UFPB. Biblionline, v. 2, n. 1, 2006.

COSTA, Luciana Ferreira da; RAMALHO, Francisca Arruda. Novas perspectivas dos estudos de satisfação de usuários. Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf. Florianópolis, v. 15, n. 30, p.57-73, 2010.

COSTA, Maria de Fátima Oliveira. Concepções dos estudos de usuários na visão dos professores dos cursos de biblioteconomia brasileiros. 2014. 237 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, Marília - SP, 2014.

______. Estudos de usuários da informação: ensino e aprendizagem no Brasil. Fortaleza, CE: Edições UFC, 2016.

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. Pesquisa quantitativa e qualitativa. 9 mar. 2012. Disponível em: <http://monografias.brasilescola.uol.com.br/regras-abnt/pesquisa-quantitativa-qualitativa.htm>. Acesso em: 25 set. 2016.

FACEBOOK atinge marca de 1 bilhão de usuários todos os dias. G1, 28 abr. 2016. Disponível em: <http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2016/04/facebook-atinge-marca-de1-bilhao-de-usuarios-todos-os-dias.html>. Acesso em: 5 dez. 2016.

FERREIRA, S.M.S.P. Estudo de necessidades de informação: dos paradigmas tradicionais à abordagem do Sense-Making. Porto Alegre: ABEBD, 1997.

FIGUEIREDO, Nice Menezes de. Estudos de usos e usuários da informação. Brasília, DF: IBICT, 1994.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos científicos. 7. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2014.

LE COADIC, Yves-Francois, A ciência da informaciio. Brasilia: Briquet de Lemos Livros, 1996.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 7. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2010.

MENZEL, H. Information needs and uses in Science and technology. Annual Review of Information Science and Technology, v.1, p. 41-69, 1966.

RECUERO, Raquel. Redes sociais na Internet. Porto Alegre: Sulina, 2009.

RIBEIRO, Fernanda. O papel mediador da ciência da informação na construção da sociedade em rede. 2009, p. 21-38. Disponível em: <http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/26612/2/FRibeiropapelmediadorCI000108385.pdf>. Acesso em: 29 maio 2012.

SANTOS JÚNIOR, Durval Lucas dos; MANTOVANI, Daielly Melina Nassif. Comunicação nas redes sociais: um estudo com usuários das comunidades do Orkut. Análise, Porto Alegre, v. 21, n. 1, p. 30-41, jan./jun. 2010.

Publicado
2020-01-06
Seção
Artigos