Histórias paralelas, histórias fragmentadas

  • Gláucia Aparecida Vaz UFMG

Resumo

Trata sobre os documentos que estão sb a guarda de centros culturais que tratam sobre movimentos e grupos sociais historicamente marginalizados. Os grupos abordados são o movimento estudantil, o movimento feminista brasileiro e o movimento negro. A fragmentação da documentação, entre outros inúmeros problemas estruturais, fruto de uma ausência de política nacional de arquivos e de uma política documental é o principal desafio a ser enfrentado. A documentação referente a movimentos sociais deve ser compreendida além da objetividade do documento de arquivo, pois possui uma subjetividade, que exige um tratamento especial e formas de difusão igualmente diferenciadas para que o público em geral possa conhecer a referenciada história que permanece em grande parte a margem da história oficial divulgada e tomada como verdade absoluta no âmbito escolar.

Referências

ALBERTI. V; ALVES, C.; HEYMANN, L. Impossível paraíso? Um arquivo marcado pela temática dos direitos humanos. Revista do Arquivo, São Paulo, Ano III, n. 5, p. 91-100, 2017. Disponível em: http://www.arquivoestado.sp.gov.br/revista_do_arquivo/05/artigo_06.php. Acesso em: 8 abr. 2019

INDOLFO, Ana Celeste. Gestão de documentos: uma renovação epistemológica nouniverso da Arquivologia. Arquivística.net. v. 3, n. 2, 2007. Disponível em: <http://www.brapci.ufpr.br/download.php?dd0=3553>. Acesso em: 08 maio 2014.

MARQUES, A.; STAMPA, I..O mundo dos trabalhadores e seus arquivos. 2. ed. – Rio de Janeiro: Arquivo Nacional; São Paulo: Central Única dos Trabalhadores, 2010.

MERLO, F. KONRAD, G. V. R. Documento, história e memória: a importância da preservação do patrimônio documental para o acesso à informação. Informação & Informação, Londrina, v. 20, n. 1, p. 26 – 42, 2015. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/18705. Acesso em: 9 abr. 2019.

SILVA, T. V. G.; NETTO, C. X. A. Práticas informacionais expositivas: um estudo sobre o museu casa José Américo. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 23, n. 3, p. 159-172, 2013. Disponível em: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/15393. Acesso em: 9 abr. 2019.

Publicado
2020-01-09
Como Citar
VAZ, G. A. Histórias paralelas, histórias fragmentadas. Folha de Rosto, v. 5, n. Especial, p. 71-80, 9 jan. 2020.