Educação Antirracista no Ensino da Biblioteconomia

percepção discente

  • Erinaldo Dias Valério Universidade Federal de Goias (UFG)
  • Arthur Ferreira Campos Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Resumo

Apresenta um estudo sobre a importância do ensino sobre as relações raciais brasileira na formação de bibliotecários (as). Afirma que as discussões sobre raça e racismo relacionadas à população negra, tem sido aos poucos inseridas nos currículos em Biblioteconomia. Articula como objetivo, a partir da perceção discente, analisar como o ensino das relações raciais pode contribuir para uma formação que promova à igualdade racial. Realiza pesquisa de cunho bibliográfico, exploratória e estudo de caso. Utiliza como instrumento de coleta de dados, o questionário aplicado a 15 discentes. Argumenta, a partir dos resultados, que os (as) discentes acreditam que a biblioteconomia necessita de estratégias de uma agenda antirracista no meio acadêmico e na socieddade em geral. Finaliza apontando a necessidade de uma discussão transversal que possa alcançar diferentes disciplinas na formação em Biblioteconomia.

Publicado
2020-03-17
Como Citar
VALÉRIO, E. D.; CAMPOS, A. F. Educação Antirracista no Ensino da Biblioteconomia: percepção discente. Folha de Rosto, v. 5, n. Especial, p. 118-126, 17 mar. 2020.