Doação de órgãos e informação

avaliação na mudança de opinião em alunos de escolas públicas da cidade de Campina Grande, PB

  • Natalia Tetemann Vilarim UFCG
  • Thamiris Miranda Granja Universidade Federal de Campina Grande
  • Edmundo de Oliveira Gaudêncio Universidade Federal de Campina Grande
Palavras-chave: Doação de Órgãos, Intervenção Pedagógica, Instrução

Resumo

O transplante de órgãos tem como objetivo salvar e/ou melhorar a qualidade de vida. Entretanto, não há órgãos disponíveis para todos os potenciais receptores, isso resulta em significativa mortalidade de pacientes na fila de espera. Ações educativas acerca desse tema – ainda tão pouco discutido no Brasil – são necessárias para mudar a atual realidade, já que a vontade do doador falecido deve ser declarada única e exclusivamente através de sua família, sendo esse o principal propósito do Projeto de Extensão promovido pelos alunos de Medicina da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Para tanto, foram realizados encontros com trezentos e setenta e sete alunos dos Ensinos Fundamental e Médio, com o objetivo geral de conscientizar a sociedade para a doação de órgãos. Nesses encontros foram abordados temas denominados básicos sobre o processo doação-transplante, além da aplicação de questionários idênticos antes e depois das palestras para avaliar os efeitos sobre os alunos-alvo do projeto. Através dos dados coletados, verificamos que o impacto que o Projeto produziu nos alunos foi positivo, visto que eles, de maneira geral, conseguiram assimilar grande parte das informações expostas e, consequentemente, modificaram suas respostas no questionário dois.

Publicado
2020-07-15
Como Citar
TETEMANN VILARIM, N.; MIRANDA GRANJA, T.; DE OLIVEIRA GAUDÊNCIO, E. Doação de órgãos e informação: avaliação na mudança de opinião em alunos de escolas públicas da cidade de Campina Grande, PB. EntreAções: diálogos em extensão, v. 1, n. 1, p. 115-131, 15 jul. 2020.
Seção
Relatos de extensão